Categoria Publicações

Concurso Público Edital 001/2018

O Prefeito Municipal de Araripe-CE, GIOVANE GUEDES SILVESTRE no uso das atribuições legais e atendendo aos princípios Constitucionais da Publicidade e demais princípios, em cumprimento à Lei Municipal Nº. 1.235/2018, de 12 de novembro de 2018 e Decreto Legislativo nº 003/2018, de 09 de novembro de 2018, TORNA PÚBLICO que realizará CONCURSO PÚBLICO de Provas, de Provas e Títulos e de Provas Práticas para provimento de Cargos vagos existentes.

Texto Completo no Link

http://universidadepatativa.com/prefeitura-municipal-de-araripece-edital-0012018/

Processo Seletivo Educação 02.2018

A Comissão Executiva do Processo Seletivo Simplificado, por sua presidenta Cícera Leodegária Januário, designada pela Portaria nº 94/2018, de  21/12/2018, no uso das atribuições legais e atendendo aos princípios constitucionais que regem a Administração Pública, TORNA PÚBLICO que realizará PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO para contratação temporária por prazo determinado com a finalidade de preenchimento de cargos vagos junto às secretarias de Educação, Cultura e Tecnologia da Informação e Secretaria de Gestão Administrativa-financeira  para os quais  há carências de caráter temporário ocasionadas por cargos comissionados, licenças para tratamento de saúde ou para tratar de assuntos particulares de acordo com as regras e instruções estabelecidas neste edital e demais normas pertinentes a este processo, nos termos da Lei Municipal nº 1242/2018, de 19 de dezembro de 2018.

Arquivos Anexos:

Nome Descrição Downloads Download File Size
Editais
   Processo Seletivo Simplificado Educação 02.2018
605 downloads Download 565.9 KB
177 downloads Download 602.3 KB
295 downloads Download 2.2 MB
429 downloads Download 2.2 MB
103 downloads Download 407 KB
262 downloads Download 2 MB
254 downloads Download 58.8 KB
76 downloads Download 112.1 KB
88 downloads Download 184 KB
200 downloads Download 1.2 MB
52 downloads Download 183.9 KB
81 downloads Download 565.8 KB
50 downloads Download 112.2 KB

Processo Seletivo Saúde 01.2018

A Comissão Executiva do Processo Seletivo Simplificado, por sua presidente Francisca Luzilânia Barbosa da Silva, designada pela Portaria nº 93/2018, de 19/12/2018, no uso das atribuições legais e atendendo aos princípios constitucionais que regem a Administração Pública, TORNA PÚBLICO que realizará PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO para contratação temporária por prazo determinado com a finalidade de preenchimento de cargos vagos junto à Secretaria de Saúde em face da continuidade na prestação de serviços públicos essenciais, decorrente do atendimento e funcionamento das unidades de saúde e prestação de serviços no âmbito do Programa Saúde da Família – PSF, Centro de Atenção Psicossocial – CAPS e Hospital Lia Loiola de Alencar, com cadastro de reserva, em decorrência da rescisão de contrato administrativo com cooperativa de serviços de saúde de acordo com as regras e instruções estabelecidas neste edital e demais normas pertinentes a este processo, nos termos da Lei Municipal nº 1.242/2018, 19 de dezembro de 2018 e Decreto Municipal nº 26/2018.

 

Arquivos Anexos

Nome Descrição Downloads Download File Size
Editais
   Processo Seletivo Simplificado Saúde 01.2018
765 downloads Download 550.4 KB
79 downloads Download 42.3 KB
198 downloads Download 243.2 KB
335 downloads Download 230.4 KB
13 downloads Download 63.1 KB
22 downloads Download 92.4 KB
130 downloads Download 113.8 KB
81 downloads Download 133.1 KB
56 downloads Download 331.2 KB

Recadastro dos Servidores Efetivos

Resolução nº 01, de 15 de Outubro de 2018.

Disciplina o Recadastramento dos Servidores Públicos Efetivos Ativos, Inativos, Pensionistas e dependentes do Regime Próprio de Previdência Social do Município de Araripe – CE – IMPREMA.

Resolução com mais informações e documentação solicitada em anexo.

JOSE IRISBERTO DE SOUZA RIBEIRO
Diretor Presidente do IPREMA
Certificado CGRPPS 2455

3º Ciclo de Avaliação PMAQ-AB

O Ministério da Saúde publicou no último dia 06 de setembro de 2018, a primeira lista de equipes certificadas do 3º ciclo do Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ-AB) e sua respectiva Nota Metodológica, definindo os valores de repasse financeiro da certificação das equipes de atenção básica e de saúde bucal.

A classificação do desempenho das equipes no 3º ciclo do PMAQ-AB variou entre cinco categorias que traduziram as faixas de pontuação somadas aos critérios de cumprimento dos padrões de qualidades (gerais, essenciais e estratégicos). Conforme as categorias de desempenho, a nota que poderia ser obtida pelas equipes e a descrição da aplicação dos critérios dos padrões de qualidade para cada categoria foram as seguintes:

  • Ótimo: Equipes com 90% ou mais de cumprimento de padrões essenciais com pontuação maior ou igual a 8 e que cumprem 50% ou mais de padrões estratégicos;
  • Muito Bom: Equipes com 90% ou mais de padrões essenciais e com pontuação maior que 7 e menor que 8 pontos, ou Equipes com 90% ou mais de cumprimento de padrões essenciais com pontuação maior ou igual a 8 que NÃO cumprem 50% ou mais de padrões estratégicos;
  • Bom: Equipes com 90% ou mais de cumprimento de padrões essenciais com pontuação maior que 6 até 7 pontos;
  • Regular: Equipes com 90% ou mais de cumprimento de padrões essenciais com pontuação maior que 4 e até 6 pontos.
  • Ruim: Equipes com 90% ou mais de cumprimento de padrões essenciais com pontuação até 4 pontos, ou Equipes que NÃO cumprem com 90% dos padrões essenciais

Considerando as categorias e os critérios de desempenho apresentados, das 08(oito) Equipes avaliadas do Município de Araripe, 06(seis) obtiveram desempenho dos padrões de qualidade classificados como ÓTIMO (que corresponde a 75% das equipes) e 02(duas) obtiveram desempenho dos padrões de qualidade classificados como MUITO BOM (que corresponde a 25% das equipes).

A Administração Municipal através da Secretaria Municipal de Saúde reconhece os esforços das equipes que se organizaram para alcançar os padrões de qualidade, apoiando aqueles que se dedicam a aperfeiçoar os resultados do seu trabalho; E vem pela presente nota agradecer e parabenizar a todos os profissionais que atuam nas Equipes de Saúde da Família e nas Equipes de Saúde Bucal pela classificação obtida neste 3º Ciclo de avaliação da qualidade dos serviços de saúde na atenção básica.

Essa conquista reflete o trabalho e o esforço da atual gestão que, conjuntamente com os profissionais que atuam nas respectivas unidades de saúde, gerência municipal e técnicos centrais, dedicam-se e esforçam-se para ofertar aos nossos munícipes, serviços de qualidade, desde o primeiro acesso até o atendimento final; Serviços estes que estão sendo RECONHECIDOS E CERTIFICADOS PELO MINISTÉRIO DA SAÚDE COMO ÓTIMO E MUITO BOM.

É O GOVENO MUNICIPAL DE ARARIPE TRABALHANDO PELO SEU POVO, POR TODOS E PARA TODOS, PROMOVENDO SAÚDE COM QUALIDADE, HUMANIZAÇÃO, DIGNIDADE E RESPEITO.

 

ANA PATRÍCIA GUEDES ARAÚJO

Secretária de Saúde

1º ARARIFEST SOLIDÁRIO

A Prefeitura Municipal de Araripe comunica a todos que os ingressos do 1º Araripe solidário já estão disponíveis na Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Social. Venha e troque seu alimento. Faça uma família feliz!

Programação:

Dia: 01/08/2018

05:00h – Alvorada Festiva com a Banda de Música José Humberto de Alencar;

07:00h – Ato Cívico – Hasteamento das Bandeiras;

Execução do Hino Nacional e do Araripe pela  Banda de Música José Humberto de Alencar;

Ações das Secretarias Municipais de Trabalho e Desenvolvimento Social, de Saúde e de Agricultura e Meio Ambiente.

Local: Átrio da Prefeitura Municipal.

17:00h – Lançamento do livro “Araripe Cidade da Gente”; Diversão para as crianças com o Projeto + Alegria. Local: Praça Vidal de Alencar ( Praça do Coreto).

22:00h – Show Musical com as bandas: Edvan dos Teclados, Luiz Marcelo e Gabriel, Ítalo e Renno e Léo Gordinho. Local: Marco do Centenário.

Dia: 02/08/2018

16:00h – Diversão para as crianças com o Projeto + Alegria. Local: Praça Vidal de Alencar ( Praça do Coreto).

22:00h – Show Musical com as bandas: Ednaldo Bom de Farra, Lagosta Bronzeada, Márcia Felipe e Grupo D10. Local: Marco do Centenário.

24:00 – Show Pirotécnico.

NOTA INFORMATIVA – PRECATÓRIO

A Prefeitura Municipal de Araripe, vem por meio deste, informar a todos os servidores ativos e inativos pertencentes a Secretaria Municipal de Educação que fazem jus ao recebimento de valores oriundos da Lei municipal n.º 1.220/2018, de 02 de julho de 2018, sobre o devido prosseguimento ao Projeto. Ressaltamos que não será necessária lista de beneficiários para servidores efetivos da educação atualmente ativos, pois os mesmos já estão contemplados pela referida Lei Municipal.

Mais informações sobre o prosseguimento, lista de servidores beneficiários (2009 a 2003) e documentos a serem apresentados abaixo:

394 downloads Download 3 MB

227 downloads Download 29.7 KB

163 downloads Download 257.7 KB

 

 

Nota de Esclarecimento – Sec. Educação

A Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Tecnologia da Informação, através de seu Representante, o Secretário Municipal, vem, por meio desta, comunicar que a convocação feita pela presidente da Apeoc e Aprossema de Araripe para paralisação das aulas neste Município dia 04/06/2018, próxima segunda-feira, não tem legalidade diante do objeto reivindicado, qual seja, o pagamentos de 60% (sessenta por cento) da verba referente ao Precatório, aos professores.

Nota completa no link: http://araripe.ce.gov.br/site/?mdocs-file=717

 

 

Leilão

A Prefeitura Municipal de Araripe-CE, através da Sidney Leilões, realizará um leilão no dia 30 de maio na Quadra Poliesportiva Antonio Roniel Almino localizada na Rua Antonio Barreto, SN, COHAB I – Araripe-CE. Informações detalhadas sobre os itens leiloados procurar a garagem da prefeitura aberta a visitações nos dias 28, 29 e 30 de maio.

Caminhada 18 de Maio

Caminhos do incesto: quando o carinho se torna abuso

A sociedade, durante muito tempo, negou a ocorrência do abuso sexual intrafamiliar, considerando-o um fenômeno raro e pontual. Vigorava o segredo, e pouquíssimos casos chegavam a público.

Atualmente, há uma abertura maior para as denúncias e para um gradual enfrentamento da questão: o abuso incestuoso é mais comum do que se imagina. E os abusadores são pais, mães, padrastos, madrastas, tios, tias, irmãos, irmãs – e outras pessoas que têm a confiança da criança por ocupar alguma função parental, mesmo sem consanguinidade, como um padrinho ou uma madrinha.

Na opinião do psiquiatra Cláudio Cohen e do psicólogo Tadeu Roberto de Abreu, ambos profissionais do Centro de Estudos e Atendimento Relativos ao Abuso Sexual (Cearas), da Faculdade de Medicina da USP, para compreender o abuso incestuoso, suas implicações e formas de prevenção, é preciso olhar para a família. Afinal, dizem eles, não se trata de um fenômeno que envolva apenas duas pessoas, o agressor e sua vítima. “O abuso é sintoma de uma família disfuncional”, afirma Tadeu. “Nunca é algo casual. Outros eventos provavelmente já vinham acontecendo e não foram tidos como graves.” Um exemplo é a falta de limites evidentes para as manifestações físicas ou afetivas entre os membros da família, como toques e carinhos excessivos ou inadequados.

“O contato é fundamental para a transmissão de afeto durante o desenvolvimento da criança. Mas em que momento essa proximidade física se torna erotizada e incestuosa? Quando não se estabelecem limites nessa relação”, afirma Cláudio Cohen. E esses limites devem partir daqueles que exercem o papel de cuidadores no ambiente familiar, como o pai e/ou a mãe. A confusão nos papéis desempenhados, que desemboca em funções parentais desajustadas e na indefinição dos vínculos entre os membros da família, aumenta a vulnerabilidade de crianças e adolescentes dentro de casa. Ao contrário do que seria saudável, a libido não é vivida fora das fronteiras familiares.

“Não nascemos éticos nem sabendo o que é moral ou imoral, certo ou errado”, afirma Tadeu. “Na família vamos desenvolver tais conceitos, ter as primeiras noções de relacionamento com o outro – como a de assimetria, entre pais e filhos, que depois servirá de base para as relações de professor-aluno, chefe-empregado…” Segundo Tadeu, se essa assimetria não existe e os próprios pais não têm tais limites internalizados, a família se encontra em uma situação de risco, favorável a atos abusivos. “Por exemplo: não há espaços diferenciados na casa que permitam o desenvolvimento da individualidade, da privacidade, mas não por falta de condições econômicas. Dormem todos na mesma cama ou podem entrar nos ambientes domésticos – como o banheiro – a qualquer momento, sem bater”, diz. “Há pais que beijam os filhos, de qualquer idade, na boca. Isso é péssimo: essa ternura excessiva não vai ajudar aquele ser humano a se desenvolver afetivamente.”

Quando um caso de abuso incestuoso vem à tona, não só a vítima é afetada: todos os demais familiares também. “O abuso não passa somente pela genitalidade, pelo ato sexual”, ressalta o psiquiatra Cláudio. “Se um irmão vê a irmã sendo abusada pelo pai, ele também está – de certo modo – sendo abusado.” Por isso, é preciso ter em mente que a prevenção ao abuso sexual contra crianças e adolescentes começa, antes de tudo, com o respeito a seus direitos e à sua individualidade dentro de casa.

Fonte Childhood.org.br